O dia da angústia

Home / Mensagem / O dia da angústia

chuvaA vida não é indolor, nós não passamos a vida do berço à sepultura, numa redoma de vidro, numa estufa, numa colônia de férias. Aqui nascemos chorando, cruzamos as estradas da vida intercalando alegrias e choro; e via de regra descemos à sepultura no meio de muitas lágrimas. O dia da angústia chega, e chega para todos, para homens, mulheres, ricos, pobres, doutores, analfabetos, religiosos, e não religiosos. Esse dia vem sem mandar aviso prévio, é uma tempestade que desaba sobre a sua cabeça, é o seu coração sendo esmagado pela dor. É uma circunstância que você jamais imaginava enfrentar na vida e tem que enfrentá-la. É um luto doloroso, é um divórcio traumático, é um filho que sai de casa, é um amigo que puxa o seu tapete, é um pai de família que perde o emprego em tempos de recessão, é um sonho frustrado, é uma expectativa não realizada. Talvez eu estou me dirigindo a você que está vivendo exatamente este dia da angústia. Talvez este dia da angústia na sua vida tem sido longo, muito longo. O que você vai fazer? Desanimar, desistir da vida, revoltar-se contra Deus, entregar os pontos?

Pois o Salmo 50, versículo 15, abre para nós uma fresta de luz diante da escuridão deste dia, trazendo-nos três verdades importantes. Primeiro, uma ordem de Deus, e a ordem é esta: invoca-me no dia da angústia. O dia da angústia é tão pesado, é tão denso, é tão escuro, é tão tenebroso que você não encontra saída à sua volta. As pessoas por mais achegadas não conseguem aliviar sua dor, os recursos da terra são insuficientes nessa hora em que você esta encurralado, nessa hora em que você está com o seu coração esmagado pela dor. Você precisa voltar o seu olhar para cima, para o alto e perguntar: de onde me virá o socorro? E a garantia é que o seu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra. Deus está dizendo: invoca-me no dia da angústia, porque quando você invoca Deus, ele é maior que o seu problema, é maior que a sua angústia, ele tem o poder não apenas de consolar você, mas de trazer solução para o problema, de resolver o problema, de acalmar o vento contrário, de fazer serenar o mar revolto, de trazer bonança para a sua alma nesse dia da angústia. Ele não só alivia você, ele põe um ponto final nesse dia. A Bíblia diz que o choro pode durar uma noite inteira, mas a alegria vem pela manhã.

A segunda lição desse texto não é mais uma ordem, mas é uma promessa de Deus. Deus diz assim: invoca-me no dia da angústia e eu te livrarei. Oh, que promessa maravilhosa! Você não está se dirigindo a um ídolo mudo, você não está fazendo uma viagem para dentro dos labirintos da sua alma, eu não estou falando para você de auto ajuda, de confissão positiva, eu não estou falando para você que o seu socorro vem do dinheiro, vem da família, vem dos amigos, vem dos recursos da terra; Deus promete para você: invoca-me no dia da angústia e eu te livrarei. Se é pecado, Deus perdoa, se é vício Deus liberta, se é enfermidade Deus cura, se é briga, contenda, desavença, Deus dá perdão, se é falta de paz Deus derrama a paz, se é tristeza crônica Deus derrama alegria, se você está perdido, Deus encontra e salva você. Invoca-me no dia da angústia e eu te livrarei, é a promessa segura de Deus.

Mas em terceiro lugar, esse salmo mostra que depois de uma ordem divina, de uma promessa divina, existe um resultado maravilhoso, uma resposta maravilhosa, uma consequência maravilhosa. O texto diz assim: invoca-me no dia da angústia, eu te livrarei e tu me glorificarás. Talvez até hoje você tem murmurado, talvez até hoje você tem reclamado, talvez até hoje você tem se insurgido contra Deus como a mulher de Jó dizendo:amaldiçoa o teu Deus e morre. Mas quando Deus intervém, quando Deus se manifesta, quando os céus se tornam obsequiosos à terra, quando o bálsamo de Gileade vem sobre as suas feridas, quando Deus traz alívio, perdão, cura, restauração, renovo, em vez de ter lamento, em vez de ter murmuração, em vez de ter palavras duras nos seus lábios, você despeja da sua alma torrentes de ações de graças, você adora a Deus, você reconhece Deus como razão da sua vida, como o seu salvador, como o seu Senhor, como o seu consolador, como o seu resgatador.

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

A Bíblia nos menciona uma outra circunstância que o salmista estava com os pés colocados numa espécie de tremedal de lama, num momento de entrar numa areia movediça, sendo engolido, envelopado pela suas dores e angústias. Mas de repente, ele invocou a Deus, ele esperou pacientemente em Deus e Deus socorreu a vida dele, pôs os pés dele numa rocha, e pôs nos lábios dele um cântico novo. É hora de começar a ver o livramento de Deus e ter nos seus lábios palavras de gratidão, de louvor, de adoração a Deus, porque Deus é fiel para cumprir o que prometeu. Invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei e tu me glorificarás.

“Invoque-me no dia da angústia; eu o livrarei, e você me glorificará” Salmo 50.15

Rev. Hernandes Dias Lopes

Recommended Posts
casa fogoClique e assista ao vídeo desta mensagem!