O corpo da ressurreição

Home / Mensagem / O corpo da ressurreição

Hoje eu quero conversar sobre este assunto, o corpo da ressurreição; e este é um assunto que produz tanta curiosidade em tanta gente, é muito comum a pessoa perguntar, sim pastor, como é que vai ser, nós vamos nos conhecer lá no céu? Eu vou me relacionar com a minha família do jeito que eu relaciono com ela aqui? Então, vamos entender algumas coisas importantes à luz desse deste primeira aos Coríntios. A primeira coisa: é claro que nós vamos nos conhecer no céu! Você já imaginou você conviver com alguém toda a eternidade sem saber quem ela é? Não faz sentido, agora é claro que lá no céu nós não vamos ter a mesma convivência que aqui, não vão ser famílias parecidas com as nossas aqui, Silva, Pereira, Oliveira, Lopes, não! Lá nós vamos ser uma única família. Outra coisa, lá você não vai ter os mesmos relacionamentos, quem foi marido e mulher aqui não vai continuar lá; nós não cremos em casamento eterno, casamento é até que a morte os separe. Lá no céu, não se casa, nem se dá em casamento, então aproveite seu casamento agora porque depois não tem mais, lá no céu vamos ser uma única família, vamos nos conhecer; agora nós nos conhecemos só em parte, mas então conheceremos como também seremos conhecidos. Outra coisa importante no corpo da ressurreição, é que lá vai ter continuidade e descontinuidade, em outras palavras, se morreu uma pessoa, não é outra que vai ressuscitar, mas o corpo que foi semeado não é o mesmo que vai levantar da sepultura, por exemplo, imagine você, um vovozinho de 110 anos, e vai ressuscitar como um vovozinho de bengala no céu? Imagine você, é uma criança que nem chegou a nascer é um feto, vai ser um feto glorificado no céu? O que a Bíblia diz é que nós vamos ter um corpo semelhante ao corpo da glória do Senhor Jesus Cristo. O corpo da ressurreição não vai brigar nem com a balança, nem com espelho, nós vamos ter um corpo perfeito; não vai ter defeito físico, não vai ter ninguém de muleta no céu, não vai ter ninguém que falte um membro do seu corpo, no corpo da ressurreição, vai ser um corpo perfeito, como o corpo da glória do Senhor Jesus Cristo. Quando perguntaram pra Paulo assim: como ressuscitam os mortos e que corpo vem? Paulo responde assim: ora, você não sabe que a semente que você semeia, ela morre pra depois brotar?

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

E aí Paulo vai tratar de três figuras para entender o que é o corpo da ressurreição, a primeira, a figura da semente; se você joga uma semente na terra, ela morre, mas dentro daquela semente tem vida, e da semente brota então uma planta, uma árvore frondosa, bonita, mas se é manga, não vai nascer abacate, quem morre crente, ressuscita crente, quem morre ímpio, ressuscita ímpio. E Paulo vai argumentar aqui no versículo 42, o seguinte: semeia-se corpo na corrupção, ressuscita-se na incorrupção, o nosso corpo aqui fica doente, fica cansado, fica caquético, mas o corpo da ressurreição não fica velho, não fica cansado, não fica doente. Ele é incorruptível. Paulo prossegue e diz assim: semeia-se em desonra, ressuscita-se em glória. A doença, às vezes, leva o nosso corpo a ficar surrado. Pessoas que às vezes vão fazer tratamentos pesados de quimio, de rádio, muitas pessoas ficam às vezes pele e osso, pessoas que às vezes ficam em coma, anos a fio; quando aquela pessoa parte, morre, seu corpo está surrado, cheio de escaras, cheio de feridas, ele sofreu desonras da enfermidade, mas vai ressuscitar um corpo de glória, que vai brilhar como as estrelas, como astros, como sol no firmamento, vai ser semelhante ao corpo da glória do Senhor Jesus Cristo. Paulo prossegue, semeia-se em fraqueza; você nasce um bebê se arrastando, depois você cresce, depois você vira um jovem que entra nas academias e entra nas modalidades esportivas, depois você já começa a andar e correr mais devagar, daqui a pouquinho dá passos lentos, daqui a pouquinho se usa muletas, daqui a pouquinho você uma cadeira de rodas, daqui a pouco você é a consumada fraqueza, mas o corpo da ressurreição vai ser um corpo de força, de poder, como o corpo de Jesus, que entrava numa casa com a porta fechada, sem precisar abrir a porta, que saia lá de Jerusalém, aparecia lá na Galiléia, sem precisar percorrer o trecho, que vai assunto aos céus fisicamente, é um corpo de poder, vai ser assim o corpo da ressurreição.

Paulo usa uma segunda figura aqui para explicar o que é isso, o versículo 39 diz: nem toda a carne é a mesma, porém uma carne dos homens, outro dos animais, a outra das aves, a outra dos peixes; será que Paulo está falando que animais, peixes e aves vão ressuscitar também? Não! Claro que não! Tem muita gente hoje que acha que o seu cachorrinho de estimação vai ser também ressuscitado para desfrutar das venturas do céu, de glória! Não é isso que a Bíblia está ensinando, o que a Bíblia está ensinando é que ainda que pó de homem, pó de animal, pó de peixe, pó de ave, se misturem na terra e virem pó, no dia da ressurreição são os filhos de Deus, aqueles que foram recebidos no sangue do Cordeiro, aqueles cujos nomes estão escritos no livro da vida, esses então ao ouvir a voz de Deus, ao ouvir a voz o arcanjo, ao ressoar a trombeta de Deus, eles ouvirão essa voz e sairão dos túmulos, uns para a ressurreição da vida e outros para a ressurreição do juízo. Deus sabe distinguir, não importa se você teve o seu corpo cremado, não importa se as pessoas que, como morreram nas torres gêmeas, a 3 mil graus centígrados, viraram poeira, naquele glorioso dia este corpo há de ressuscitar gloriosamente como o corpo da glória do Senhor Jesus Cristo.

Mas Paulo prossegue na terceira e última figura, que é a figura dos astros, e diz também que há corpos celestiais e copos terrestres, e sem dúvida uma é a glória dos celestiais e a outra é a glória dos terrestres, uma é a glória do sol, outra a glória da lua, outra a glória das estrelas, porque até entre estrelas e estrelas há diferença de esplendor, pois assim também será a ressurreição dos mortos, talvez Paulo esteja nos mostrando aqui que todos vão brilhar neste corpo da ressurreição, mas nem todos vão brilhar com a mesma intensidade; é por isso que Daniel, capítulo 12, versos 1 e 2 diz que aqueles que a muitos conduzirem a justiça brilharão como sol no firmamento. A salvação é de graça, os galardões vem mediante as obras, aqueles que apenas creram, mas não exercitaram plenamente a sua fé no exercício da sua vida espiritual, na linguagem de primeira Coríntios capítulo três versos 11 a 15, vão ser salvos sim por que creram, mas não receberão galardões. Olha que coisa sublime, então você, além de crer no Senhor Jesus, pode exercitar sua fé e ainda receber galardões, e seu corpo brilhar como o sol no seu fulgor; este é o nosso corpo da ressurreição, nós vamos ter um corpo semelhante ao corpo da glória do Senhor Jesus, não vai ficar cansado, não vai ficar velho, não vai ficar doente, não vai ficar com estresse, nós vamos servir a Deus, nós vamos reinar com Cristo, nós vamos desfrutar das venturas excelsas, gloriosas do céu, pelos séculos sem fim, por toda a eternidade! Que coisa boa! Esta viva esperança que nós temos em Cristo Jesus.

Insensato! O que semeias não nasce, se primeiro não morrer; e, quando semeias, não semeias o corpo que há de ser, mas o simples grão, como de trigo ou de qualquer outra semente. Mas Deus lhe dá corpo como lhe aprouve dar e a cada uma das sementes, o seu corpo apropriado. Nem toda carne é a mesma; porém uma é a carne dos homens, outra, a dos animais, outra, a das aves, e outra, a dos peixes. Também há corpos celestiais e corpos terrestres; e, sem dúvida, uma é a glória dos celestiais, e outra, a dos terrestres. Uma é a glória do sol, outra, a glória da lua, e outra, a das estrelas; porque até entre estrela e estrela há diferenças de esplendor. Pois assim também é a ressurreição dos mortos. Semeia-se o corpo na corrupção, ressuscita na incorrupção. Semeia-se em desonra, ressuscita em glória. Semeia-se em fraqueza, ressuscita em poder. Semeia-se corpo natural, ressuscita corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual” 1ª Coríntios 15.36-44

Rev. Hernandes Dias Lopes

Recommended Posts