Socorro urgente

Home / Devocional / Socorro urgente

SENHOR, a ti clamo, dá-te pressa em me acudir; inclina os ouvidos à minha voz, quando te invoco. Salmo 141.1.

 

Verdade

Servir a Deus de coração íntegro não nos traz garantias de ausência de tribulações e perseguições, pelo contrário, todos os que querem viver justa e piedosamente sofrerão perseguições. Muitos se aproximam de Deus com o interesse equivocado de ser agraciado com uma vida mansa e tranquila, não na relação com Deus, mas imagina viver dessa forma como se já vivesse fisicamente no Paraíso.

A vida cristã não é fácil e Jesus não iludiu ninguém. O filho do homem não tinha sequer onde reclinar a cabeça, era homem de dores e sabia o que era padecer; foi perseguido até a morte. Seu ascendente Davi também foi duramente perseguido mesmo tendo sido abordado na Escritura como o homem segundo o coração de Deus; talvez, se ele fosse arrogante, levantaria ativamente os olhos aos céus e gritaria: eu exijo, eu determino, eu não aceito.

Mas o salmista Davi, humildemente, sabedor da sua vida ser fruto da graça de Deus, clama ao Deus da aliança, e pede um socorro urgente, pois sua situação era calamitosa. Os inimigos urgentemente procuravam tirar sua vida, por isso o clamor de um socorro urgente da parte de Deus.

Mas o que nos chama atenção é que algumas atitudes são vistas no salmista, que geralmente não são vistas nos que estão sendo perseguidos. Davi persevera em oração, guarda seus lábios de pecar e firma no Senhor o coração para não maquinar o mal. Ele ainda afirma: “Fira-me o justo, será isso mercê; repreenda-me, será como óleo sobre a minha cabeça, a qual não há de rejeitá-lo. Continuarei a orar enquanto os perversos praticam maldade” (Sl 141.5).

Vida

Cristo também passou por momentos agonizantes, a ponto de suplicar ao Pai que, se possível, afastasse aquele cálice, ele rejeitou socorros urgentes que apareceram como formas de escapar da cruz, mas aguardou e suportou pacientemente, sem murmurar, até a morte, pois o infalível plano de Redenção pela Cruz não encerrava na morte. Portanto, tem sido perseguido injustamente por conta da sua fé em Cristo? Aguarde paciente, guarde os lábios de pecar, ponha o coração em Cristo, não cesse de orar enquanto os perversos te perseguem, pois Cristo garantiu na cruz o socorro mais urgente à causa mais urgente, nosso pecado. Ele é o socorro bem presente e urgente nas tribulações.

Timóteo Sales

Recent Posts