Quem és tu?

Home / Devocional / Quem és tu?

Jacó foi a seu pai e disse: Meu pai! Ele respondeu: Fala! Quem és tu, meu filho? (Gn 27.18)

 

Verdade

Isaque estava velho e cego, e iria proferir a bênção para seus filhos Esaú e Jacó. Jacó, por ser o mais moço, não teria a proeminência da bênção que seria para Esaú. Assim, com a ajuda da mãe, tramou enganar o seu pai, fingindo ser Esaú. Vestiu a roupa de Esaú, pôs pele no braço para fingir o braço peludo do irmão e foi a seu pai para receber a bênção por meio de uma mentira. Seu pai perguntou: “Qual é o seu nome?”, ele respondeu: Esaú. O plano de Jacó atingiu o alvo que ele esperava, pois Isaque era ser humano e não conhecia o coração de Jacó, que declarava ser quem não era (Gn 27).

Mas com Deus não é assim, pois ele não vê apenas a aparência, vê o interior (1Sm 16.7). Muitos tentam enganar para conseguir vantagens, e outros tentam até barganhar com Deus fingindo ser quem não é, com a ilusão de que o Deus Pai será enganado com uma vida cristã superficial, de religiosidade externa, mentirosa, ou até fruto de um autoengano.

A Escritura possui diversos alertas para aqueles que tentam fingir diante de Deus; “o Senhor disse: Visto que este povo se aproxima de mim e com a sua boca e com os seus lábios me honra, mas o seu coração está longe de mim” (Is 29.13). Mas alerta ainda para aqueles que pensam estarem na fé, mas vivem em engano; para esses o alerta da Escritura é para rever e analisar quem de fato somos e se estamos na verdadeira fé (2Co 13.5).

Jacó foi abençoado por Deus em um episódio futuro, quando ele foi perguntado, não pelo seu pai, quem ele era, mas pelo Anjo do Senhor. Longe da mentira, ele falou quem ele era, e no reconhecimento da sua indignidade, por graça, Deus o abençoa, e o chama de Israel.

Vida

Desde os tempos de Cristo muitos se aproximaram de Cristo com falsas expectativas e uma falsa fé (Jo 2.23-25), muitos pensam serem filhos de Deus, o que só é verdade para os que creem em Cristo (Jo 1.12); muitos não sabem o sentido da vida, muito menos quem são em um mundo confuso. A Palavra de Deus nos mostra quem somos e nos diz o real sentido da vida: somos imagem de Deus, criados para sua glória e deleite em sua presença; estamos distorcidos pelo pecado, mas há oportunidade de restauração da imagem distorcida, é quando entregamos nossa vida a Cristo, pois só ele é capaz de restaurar-nos, dar verdadeiro sentido e fazer com que a pergunta “Quem és tu?”, tenha a melhor das respostas: “Sou filho de Deus, pela obra de Cristo”.

Timóteo Sales

Recent Posts