Trabalho em vão

Home / Devocional / Trabalho em vão

Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam. Salmo 127.1

Verdade

Certa vez fiz um trabalho da faculdade, e já com ele quase pronto descobri que não era este o trabalho que o professor havia solicitado. Minha sensação de trabalho em vão foi grande, mas nada comparado a tantos problemas mais sérios que cercam a nossa vida. E diante de problemas simples ou até mais sérios, a nossa atitude geralmente é a de tentar resolver com as nossas forças.

Somos pretenciosos, com intenso desejo de autonomia, e isso vem desde o Éden. O homem quer reger a si, tomar suas decisões, viver de maneira insubmissa, procurando não prestar contas a ninguém, de maneira independente de Deus, e o resultado disso desde a origem é o mesmo, trabalho em vão.

Deus criou o homem de maneira assombrosamente maravilhosa (Sl 139.14), o coroou de glória e honra (Sl 8.5), mas não o abandonou, pois Deus jamais abandonou a sua Criação. Pelo contrário, a Bíblia diz que o Pai trabalha até agora (Jo 5.17), e que nele nos movemos e existimos, e a até a nossa respiração depende dele (At 17.28-30).

É por isso que é no mínimo “sem sentido” a busca desenfreada por autonomia; ela não existe, pois tudo depende de Deus. É inútil construir, vigiar a cidade, levantar cedo, dormir tarde ou trabalhar arduamente, se não depositarmos a nossa confiança naquele que move todas as coisas, pois ao seu amado, ele o dá enquanto dorme.

Precisamos de fato lembrar que a força do nosso braço é insuficiente para garantir o nosso sustento. A nossa segurança não está nas mãos do patrão, dos pais, do cônjuge, da herança, da conta bancária ou do diploma; ela está nas mãos do Deus providente.

Vida

E nessa perspectiva, lembramo-nos do que Cristo disse: não andemos ansiosos, pois nosso Pai alimenta até as aves e veste os lírios. E ao invés da ansiedade, ele nos ordena a busca primária pelo seu Reino, as demais coisas certamente nos serão acrescentadas (Mt 6), pois no SENHOR nosso trabalho não será em vão (1Co 15.58).

Timóteo Sales

Recent Posts