Conselho

Home / Devocional / Conselho

Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. Isaías 9.6.

 

Verdade

Você certamente já esteve em uma situação de difícil decisão. Talvez a escolha entre duas oportunidades de emprego, ou para um adolescente ou jovem a escolha da profissão a se seguir, dentre outras difíceis escolhas que a vida apresenta. É certo que se você vive um momento de decisões complicadas, estas não serão as últimas, outras virão. Mas o ponto central que precisamos atentar é: quem é sábio o suficiente para não precisar de um bom conselho?

É comum e salutar consultar os pais, amigos mais experientes, líderes e pastores, mas o que precisa estar no centro da nossa decisão é a vontade de Cristo. O profeta Isaías aponta para características do Messias, que ainda levaria cerca de 8 séculos até encarnar, mas inspirado por Deus, revelou que um dos seus nomes seria “Maravilhoso Conselheiro”, ou seja, uma das suas características essenciais era que ele seria um Grande Conselheiro, um Conselheiro Ímpar, um Conselheiro Glorioso, cheio de sabedoria, aliás, a própria Sabedoria encarnada.

Sendo assim, o conselho de qualquer pessoa não se iguala aos conselhos dados por Cristo. Mas você pode se perguntar: onde posso ouvir os seus conselhos nas minhas lutas diárias? Será ouvindo a voz do coração? Será sentindo paz na decisão? Na realidade seus conselhos estão expressos na sua Palavra, a Bíblia; e por vezes, seus conselhos contrariarão a vontade do nosso coração, pode não trazer paz à nossa mente caso estejamos longe de sua vontade.

Vida

Portanto, quer conhecer o melhor Conselho? Conheça a Cristo, leia mais a Bíblia, não negligencie a pregação fiel da Palavra, estude as Escrituras, se aprofunde em sua Palavra, pois assim você terá um parâmetro para quando receber um bom conselho, averiguar com as Escrituras, que mostram a sua vontade. O Conselho de Cristo é o parâmetro final, pois a sua vontade sempre consistiu em fazer a vontade do Pai (Jo 4.34), pois a sua vontade é boa, agradável e perfeita (Rm 12.2), ele é o Conselheiro Maravilhoso (Is 9.6).

Timóteo Sales

Recent Posts