Os fundamentos da nossa esperança

Home / Mensagem / Os fundamentos da nossa esperança

planta semente brotandoO mundo está marcado por desesperança, as pessoas estão sem qualquer esperança nos políticos, na economia brasileira, nas instituições públicas, desesperançadas com a vida e com muito medo da morte. E nesse mundo carimbado de desesperança é que a palavra de Deus traz para nós “Os fundamentos da nossa esperança”. O apóstolo Paulo, escrevendo a sua carta à igreja de Tessalônica, que era a capital da província da Macedônia, uma cidade grega, sob a influência do pensamento grego, alguns crentes em Cristo estavam, assim, muito desesperançados quando alguém da família morria ou alguém da igreja morria; porque eles, influenciados pelo pensamento grego de que a matéria é má e eles não acreditavam na ressurreição do corpo, então, Paulo aproveita o ensejo para corrigir esse pensamento equivocado e ensinar aquela igreja sobre esta gloriosa verdade da nossa esperança; e ele, então, planta esses alicerces da esperança.

E o primeiro deles é que a respeito do futuro nós não precisamos cogitar, nós temos uma revelação específica de Deus. Há muitas pessoas que não acreditam no amanhã, que pensam que morreu acabou, que a morte tenha a última palavra na vida; há outros que pensam que nós vamos ter múltiplas vidas através da morte, desencarna, depois reencarna de novo e assim sucessivamente; há outros que pensam que a pessoa morreu e vai para um lugar chamado purgatório, onde vai sofrer, purgar os seus pecados, e então ele pode estar apto para experimentar a bem-aventurança eterna. Mas o que a Bíblia diz? O que a palavra de Deus ensina? Então Paulo traz esta verdade consoladora, de que, na verdade, quando alguém crê no Senhor Jesus Cristo como seu salvador pessoal, ao morrer, o corpo vai para a sepultura e torna-se pó, mas o espírito volta para Deus e já começa a desfrutar da gloriosa bem-aventurança eterna.

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

Outro pilar da esperança cristã é a segunda vinda de Cristo. Esse fato é tão marcante porque vai ser a apoteose de toda a revelação bíblica, o maior acontecimento da história da humanidade. Como é que Jesus voltará? Primeiro, ele voltará pessoalmente; assim como ele foi assunto aos céus entre nuvens, assim também ele voltará. Segundo, a segunda vinda de Cristo será visível, todo o olho verá, até aqueles que o transpassaram, diz a Bíblia. Terceiro, Jesus voltará audivelmente, ao ressoar da trombeta de Deus, ele descerá dos céus; vai ser um acontecimento estrondoso, onde todo o universo há de ouvir esta voz retumbante do Senhor e o ressoar da sua trombeta. Mas ainda, em quarto lugar, a segunda vinda de Cristo será repentina como um relâmpago risca os céus do oriente ao ocidente, assim ele voltará, vai ser num instante, num abrir e fechar de olhos. Mas ainda, esta segunda vinda será inesperada, vai ser como um ladrão, que chega sem mandar aviso, sem anunciar que vai chegar, chega subitamente, por isso você e eu precisamos estar apercebidos. Mas finalmente, a segunda vinda de Cristo será vitoriosa e gloriosa, ele matará o anticristo com sopro da sua boca, ele se assentará no trono de glória para julgar as nações, ele vai ser o reto juiz, que vai julgar vivos e mortos, e dar àqueles que creram nele a bem-aventurança eterna e sentenciar a condenação eterna todos aqueles que rejeitaram a sua graça.

Outro pilar da esperança cristã é a gloriosa verdade da ressurreição dos mortos; que coisa boa, a morte não tem a última palavra, a morte já foi vencida, Jesus Cristo matou a morte com a sua morte, arrancando aguilhão da morte, triunfando sobre ela, e agora ele é a ressurreição e a vida. O apóstolo Paulo tratando desta matéria disse que a ressurreição vai ser assim, semeia-se corpo corruptível, ressuscita-se corpo incorruptível. O nosso corpo agora fica velho, cansado, enrugado, até caquético; mas o corpo da ressurreição vai ser perfeito, jamais vai ficar velho, cansado ou caquético. Hoje, você e eu brigamos com dois inimigos: o espelho e a balança, mas o corpo da ressurreição não vai ter briga nem com espelho nem com a balança, será um corpo incorruptível. O apóstolo Paulo diz assim: semeia-se em fraqueza, ressuscita-se em poder; o nosso corpo, corpo da ressurreição, vai ser um corpo poderoso, semelhante ao corpo da glória do Senhor Jesus, não estará mais limitado e preso às leis da natureza que nos governam hoje. Mais ainda, o corpo da ressurreição vai ser também um corpo glorioso, semeia-se em desonra, ressuscita-se em glória. Esse corpo da ressurreição vai brilhar como o sol no seu fulgor, teremos um corpo semelhante ao corpo da glória do Senhor Jesus Cristo. Quando que se dará a ressurreição? Quando Jesus voltar. Diz a Bíblia que, quando ele voltar, os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro, depois, nós, os vivos, que ficarmos até a sua vinda, seremos transformados e arrebatados para encontrar o Senhor Jesus nos ares e assim estaremos para sempre com o Senhor. Que dia glorioso vai ser aquele, quando os mortos vão ressuscitar com o corpo de glória, e quando os vivos serão transformados; e, então, todos nós juntos voaremos para as alturas ao encontro do Senhor, e então, diz a Bíblia, nós estaremos para sempre com o Senhor.

Paulo encerra este assunto dizendo assim: consolai-vos, pois, uns aos outros, com estas palavras. Nós não vivemos marcados pelo desespero, nós não vivemos carimbados pela desesperança, nós somos alimentados por uma viva esperança, nós não estamos a caminho do caos, nós estamos a caminho da glória, nós não estamos fazendo uma viagem rumo ao desastre, nós estamos fazendo uma viagem rumo ao céu, a bem-aventurança eterna. Eu pergunto a você: você já tem esta viva esperança? Os fundamentos da sua esperança já estão plantados em Jesus Cristo nosso Senhor? Você tem medo da morte? Você tem segurança de que na hora em que você fechar os olhos deste mundo, você estará com o Senhor Jesus para desfrutar das bem-aventuranças eternas para todo sempre? Hoje você pode fazer a mais importante decisão da sua vida, agora mesmo você pode entregar seu coração a Cristo, arrepender-se dos seus pecados, confiar no filho de Deus, e então você receberá a vida eterna, a promessa segura e inabalável da bem-aventurança eterna; e então sim, ter uma viva e segura esperança.

“Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes com respeito aos que dormem, para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança. Pois, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também Deus, mediante Jesus, trará, em sua companhia, os que dormem. Ora, ainda vos declaramos, por palavra do Senhor, isto: nós, os vivos, os que ficarmos até à vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que dormem. Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor. Consolai-vos, pois, uns aos outros com estas palavras” 1ª Tessalonicenses 4.13-18

Rev. Hernandes Dias Lopes

Recent Posts
uvasClique e assista ao vídeo desta mensagem!