Língua, uma fagulha poderosa

Home / Devocional / Língua, uma fagulha poderosa

Vede como uma fagulha põe em brasas tão grande selva! Tiago 3.5.

 

Verdade

Como gostamos de novidades sobre a vida dos outros. Na realidade “novidades” é apenas um eufemismo utilizado para fofoca. Como uma fofoca destrói, lança um irmão contra outro (Pv 6.16-19), difama a imagem do próximo (Sl 15.3), expõe coisas desagradáveis que o só referir é vergonha (Ef 5.12), põe em chamas toda uma família, ambiente de trabalho, grupo de amigos, igreja. Os pecados da língua são terríveis e danosos.

Mesmo sabendo dos danos que uma fofoca traz, muitos se arriscam em trilhar pela beira deste “precipício”, e usam de “argumento” o fato de estar contando uma verdade sobre outrem. Mas o nono mandamento, apesar de ser de simples entendimento quando diz “não dirás falso testemunho contra o teu próximo” (Ex 20.16), tem um sentido muito mais profundo do que simplesmente mentir sobre alguém.

O Catecismo Maior de Westminster cita ao menos três problemas sobre fofocas de fatos verídicos, ele aborda sobre (1) falar a verdade inoportunamente, (2) ou com malícia, (3) para um fim errôneo” (Resposta à Pergunta 145); o que aponta para o princípio da Escritura por trás do nono mandamento: devemos zelar pela imagem do próximo.

Portanto, fuja das fofocas, fuja dos pecados da língua, pois eles são capazes de destruir amizades longas, afetar relacionamentos, pôr fogo em uma relação familiar, retirar a harmonia e fraternidade no seu trabalho. É uma fagulha poderosa que contamina o homem inteiro (Tg 3.6).

Vida

Quando você for tentado a pecar com a língua, lembre-se das palavras de Cristo: “o que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem” (Mt 15.11), “mas o que sai da boca vem do coração, e é isso que contamina o homem. Porque do coração procedem maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias. São estas as coisas que contaminam o homem” (Mt 15.18-20). Portanto, rogue a Deus pelo auxílio do Espírito, para que, pelos méritos de Cristo, ele nos dê as forças necessárias para apaziguar e apagar os incêndios já provocados, ou a evitar aqueles que porventura já queimam em nossa língua.

Timóteo Sales

Recent Posts