Levai as cargas uns dos outros e, assim, cumprireis a lei de Cristo. Porque, se alguém julga ser alguma coisa, não sendo nada, a si mesmo se engana. Gálatas 6.2.

 

Verdade

Conta-se que um homem estava em um país oriental e percebeu que as crianças brincavam com um costume bem diferente das crianças de seu país; as crianças mais velhas levavam os irmãos menores nas costas enquanto brincavam normalmente. Este homem teria se aproximado curiosamente e dito: “deve ser muito ruim brincar enquanto se leva um fardo tão pesado nas costas”. Uma das crianças prontamente respondeu: “ele não é um fardo, é meu irmão!”.

A consciência da relação que une o povo de Deus é a de que não somos meramente irmãos de sangue, nós fomos feitos irmãos pelo sangue mais precioso que existe, o sangue de Cristo. Sendo assim, precisamos ter em mente que mesmo quando o nosso irmão em Cristo parece ser um fardo, ele é alguém a quem Deus escolheu dar a sua vida em seu favor, de modo que além de ser criado à imagem de Deus, é muito mais precioso do que um mero fardo, é nosso irmão pela obra de Cristo.

Nessa perspectiva, Paulo mostra que temos o dever de levar as cargas uns dos outros, porque somos membros uns dos outros (Ef 4.25), e a carga a que ele se refere é o peso causado pelo pecado cometido por este irmão (Gl 6.1), de forma que não pisamos no irmão que cai, mas com força espiritual, vinda da parte de Deus, ajudamos o irmão a levantar, e com espírito de brandura (Gl 6.1), e não de belicosidade, ajudamos a levantar, repreendemos, mas guiamos ele para a cruz de Cristo.

Vida

Temos motivos de sobra pra levar as cargas uns dos outros. Afinal, nós mesmos fomos agraciados por um Deus que se fez homem e levou a nossa carga, a nossa dor, a nossa culpa, o nosso pecado (Is 53.4), dando-nos vida, não nos tratando conforme os nossos pecados, mas conforme a sua infinita graça e misericórdias que se renovam a cada manhã (Lm 3.23). Devemos sempre levar os fardos uns dos outros, lembrando que Cristo não nos tratou como um fardo, mas mesmo sendo nós, por natureza, filhos da ira, nos tratou como filhos de Deus, levando o fardo que deveríamos levar.

Timóteo Sales

Recent Posts