Um grande líder para um tempo de crise

Home / Mensagem / Um grande líder para um tempo de crise

despair-1235582_1920Neemias foi um dos maiores líderes do seu tempo, ele estava na Babilônia depois que o seu país foi assaltado, tomado, saqueado e agora ele está vivendo um momento amargo, difícil, porque está fora da sua nação e a sua cidade, a cidade de Jerusalém, a cidade de seus ancestrais está destruída, cheia de escombros, há 142 anos com pedras reviradas, com portas queimadas, com muros quebrados, e o povo em grande miséria e desprezo. É neste momento crítico, que Neemias, que era copeiro do rei Ataxerxes, recebe a visita de um irmão seu, Hanani, e Neemias resolve perguntar para ele: como está a nossa cidade e as pessoas que lá ficaram? E então ele recebe a informação de que a cidade está destruída, que os muros estão quebrados, que as portas estão queimadas, que o povo que ela está, está debaixo de grande miséria, opróbrio e desprezo. Essa informação, as pessoas tinham já há 142 anos; a cidade quebrada, as pessoas tinham voltado já do cativeiro em duas levas, mas olhado para o cenário sem esperança, ao redor de inimigos que eram contrários à reconstrução da cidade, havia embargos políticos intransponíveis.

Mas Neemias, ao saber dessas informações, e isso representava que a cidade estava debaixo de total insegurança, porque os muros estão quebrados, as portas queimadas ao fogo, significava que o poder judiciário, que ficavam os juízes, julgavam o povo nas portas, estava completamente desarticulado, o povo estava empobrecido e desprezado, era um cenário caótico, a nação estava sem esperança, mas neste momento um líder começa orar, a jejuar, a chorar pelo povo e a pedir a Deus uma direção, e então, Deus abre os caminhos e Neemias vai à Jerusalém, diagnostica o problema, desafia o povo, os líderes, todos, sem exceção, para se juntarem num grande mutirão para reconstruir os muros da cidade; e aquilo que havia 142 anos que ninguém via saída, em 52 dias, em tempo recorde, Neemias reconstrói os muros, restaura a dignidade da cidade, a confiança do povo, e faz uma grande e profunda reforma estrutural na cidade de Jerusalém.

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

Nós precisamos de líderes para os tempos de crise; o Brasil está mergulhado também numa grande crise; crise moral, crise institucional, crise de valores, crise de integridade, crise no poder executivo, crise no poder legislativo, crise até mesmo poder judiciário. A corrupção é galopante em nosso país, nós estamos assistindo até com um certo constrangimento, políticos de proa, presos; empresários da mais alta monta, presos; figuras que outrora eram ícones da política nacional, hoje acusados de corrupção. Nós estamos às vésperas de uma eleição até constrangidos, por ver que esse cenário cinzento lança no coração do povo brasileiro uma espécie de pessimismo, e de achar que a crise não vai ter saída. Nós precisamos pedir a Deus discernimento e sabedoria, nós precisamos pedir a Deus direção, para que Deus levante líderes, do jaez (qualidade) de Neemias. Homens que amem a Deus, homens que amem o povo, homens que não amem o poder, nem o dinheiro, mas homens que resolvam de forma abnegada, colocando os dons que Deus dá para trazer saída para nação neste tempo de crise.

Neemias adotou algumas medidas importantíssimas: primeira, ele reconheceu que ele não tinha forças, nem ele mesmo para resolver aquela situação, por isso orou a Deus. Nós precisamos de líderes que temam a Deus, porque toda autoridade é constituída por Deus, e quando a autoridade exerce o seu papel reconhecendo que o poder vem de Deus, a sabedoria vem de Deus, a autoridade vem de Deus, ele governa com temor no coração. O que falta às vezes nos líderes da nossa nação é temor de Deus, porque se um líder não tem temor de Deus, ele vai se exorbitar em sua função ou ele vai se imiscuir em práticas reprováveis.

Segunda, Neemias tem a capacidade de avaliar o problema e conclamar a nação para todos botarem a mão na massa para a solução do problema. A solução do Brasil, por exemplo, não está nas mãos de poucas pessoas, é necessário que todos nós unamos as nossas mãos, rogando a Deus, botando a mão na massa, trabalhando com grande empenho para que este país tão vasto, tão belo, tão rico, possa sair desse fosso da crise e trazer sua luz para as nações. Nós precisamos de líderes, que, neste tempo de crise, possam apontar um rumo e a nação acreditar e confiar na integridade desse líder, desses líderes, para que nós possamos ver tempos novos e venturosos na nação brasileira. Diz a Bíblia que Neemias enfrentou lutas, enfrentou perseguições, enfrentou lutas internas, enfrentou o desencorajamento das pessoas, colocando cada pessoa no lugar certo para fazer a coisa certa, dando a essas pessoas suporte, motivação, proteção, diz a Bíblia que, então, num tempo recorde, aquelas muralhas foram levantadas e a cidade saiu do opróbrio; o Brasil carece também de graça de Deus, para que Deus, na sua bondade, nos dê líderes segundo o seu coração.

É tempo da igreja orar, é tempo de nós buscarmos ao Deus todo-poderoso, para que nós tenhamos tempos novos na nossa nação; é tempo de nós orarmos para que Deus reavive a sua igreja, é tempo de nós olharmos para que o povo possa entrar não pelo caminho da violência, da corrupção, da iniquidade, da depravação moral, dos desvalores e descaminhos da vida, mas que o povo se humilhe debaixo da poderosa mão de Deus, porque de Deus vem a restauração da nossa nação. Eu me lembro das palavras que Deus disse a Salomão, filho de Davi: “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, orar e me buscar, se humilhar, se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra”. É tempo do Brasil se voltar para Deus, é tempo do Brasil seguir as normas, preceitos e princípios de Deus, é tempo de nós vermos um tempo venturoso de restauração em nossa nação.

As palavras de Neemias, filho de Hacalias. No mês de quisleu, no ano vigésimo, estando eu na cidadela de Susã, veio Hanani, um de meus irmãos, com alguns de Judá; então, lhes perguntei pelos judeus que escaparam e que não foram levados para o exílio e acerca de Jerusalém. Disseram-me: Os restantes, que não foram levados para o exílio e se acham lá na província, estão em grande miséria e desprezo; os muros de Jerusalém estão derribados, e as suas portas, queimadas. Tendo eu ouvido estas palavras, assentei-me, e chorei, e lamentei por alguns dias; e estive jejuando e orando perante o Deus dos céus. Neemias 1.1-4

Rev. Hernandes Dias Lopes

Recommended Posts
Clique e assista ao vídeo desta mensagem!Clique e assista ao vídeo desta mensagem!