Salvo na última hora

Home / Mensagem / Salvo na última hora

cruzesA palavra de Deus nos diz que Jesus Cristo, o cordeiro de Deus, o Filho de Deus, foi levado ao monte do gólgota e ali crucificado entre dois malfeitores; um à sua direita, outro à sua esquerda. Jesus passou naquela cruz 6 horas de dores, de cãibras e de sede. Ele foi para aquela cruz como nosso fiador, como nosso substituto, como nosso representante, diz a Bíblia que ele morreu pelos nossos pecados segundo as Escrituras. Ele ali, carregou sobre o seu corpo no madeiro os nossos pecados. Enquanto ele estava lá naquela cruz, dependurado naquele leito vertical da morte, suspenso entre a terra e os céus, blasfêmias, zombarias, brotavam de todos os lados contra ele. E diz Mateus e Marcos que esses dois malfeitores, um à sua direita, outro à sua esquerda, também zombavam dele dizendo: “se tu és o Cristo, desça da cruz. E lá naquela cruz, no topo do Calvário, Jesus vê aqueles que zombavam dele e ora ao Pai dizendo: “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem!”

Certamente esta palavra entrou como uma flecha poderosa no coração daquele malfeitor que estava direita de Jesus. O coração dele é tocado, o coração dele é sensibilizado; e na undécima hora, na última hora, este homem se humilha, se quebranta, reconhece o seu pecado, reconhece que Jesus Cristo é o Messias, o Filho de Deus, o Rei Supremo, e quando aquele que estava à esquerda ainda zombava também de Jesus, ele repreende dizendo: “nem ao menos temes a Deus, estando nós em igual circunstância? Nós estamos aqui na cruz porque merecemos, porque fizemos o mal, porque praticamos o mal, porque rompemos e quebramos a lei, mas este nem mal fez. E então ele se dirige a Jesus assim: “Senhor, lembra-te de mim quando vieres do teu Reino, e Jesus diz a ele: em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso”. Esta passagem encerra-nos algumas lições importantes: “Salvo na última hora”.

Primeiro, esse homem viveu toda a sua vida à margem da lei, viveu na prática do mal, mergulhado no caudal dos seus pecados mais terríveis, roubando, matando, trazendo dor, lágrimas às pessoas, mas agora, na última volta do ponteiro, no último momento da sua vida, ele tem os olhos do seu coração abertos, seu coração é tocado pela graça de Deus, e ali ele reconhece que merece a morte, que merece o juízo de Deus, que merece a a condenação dos seus próprios pecados. Mas ele reconhece mais, ele reconhece que Jesus Cristo, o Filho de Deus, é poderoso para perdoar, é poderoso para salvar, é poderoso para restaurar, é poderoso para mudar a história da sua vida.

Eu não conheço você, não sei como você está vivendo, mas não importa quão longe você tenha ido, quão profundo você tenha caído, não importa quão grave é a circunstância que cerca você de pecado, de vício, de mazelas; hoje, agora mesmo, Deus também pode tocar o seu coração, a graça de Deus pode encher a sua alma, e aí mesmo, onde você está, você também pode reconhecer o seu pecado, reconhecer que o salário do pecado é a morte, reconhecer que você não tem saída, nem escapatória, a não ser que você se volte para Jesus. O Filho de Deus é poderoso para perdoar você, o Filho de Deus é poderoso para perdoar seus pecados, suas iniquidades, limpar você e dar a você a vida eterna.

É claro que este homem não podia ser salvo pelas suas obras, ele viveu a vida inteira na prática do crime; é claro que este homem não merecia nem uma dádiva de Deus, se considerasse seu histórico de vida; mas a salvação não é pelas obras, a salvação não é pelo mérito pessoal, a salvação não é oferecida a você por nenhuma igreja, nenhuma religião, a salvação é uma dádiva de Deus, e só o Filho de Deus pode perdoar os seus pecados, e dar a você a vida eterna.

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

Note você que Jesus não disse para ele: sim você será salvo depois que você passar um tempo purgando seus próprios pecados; não, na próxima reencarnação você poderá ser salvo; não, você vai ter que pagar um pouco daquilo que você fez de errado e depois quem sabe… Não! A salvação é um presente imerecido de Deus, é uma dádiva que você pode tomar posse agora, Jesus disse hoje, hoje mesmo estarás comigo no paraíso.

E aí onde você está, como você está, que a graça de Deus pode entrar na sua vida, que o sangue de Jesus pode purificar você de todo pecado, que Deus pode pegar o seu coração de pedra e dar para você um coração de carne, e aí onde você está que o grande milagre da conversão pode acontecer e você possa receber agora mesmo essa doce promessa de Jesus: hoje mesmo, hoje mesmo estarás comigo no paraíso.

O que é que é vida eterna? O que é que é a salvação? É exatamente estar com Jesus, quando Jesus entra na sua vida, quando ele perdeu os seus pecados, quando você o recebe como seu salvador pessoal, quando ele é o Senhor da sua vida, você então recebe o Reino, você recebe a vida, você recebe o perdão, você recebe a vida eterna, você recebe a salvação. O que você vai fazer? Que decisão você vai tomar? Você está aqui diante de uma escolha. Jesus está no meio desses dois malfeitores, e aqui estão dois malfeitores, um que permanece no seu pecado, outro que se arrepende do seu pecado. A Bíblia diz que todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus, não há justo nem um sequer. Então só há dois destinos: salvação ou perdição, vida eterna ou condenação eterna, Jesus Cristo é o único que se salva.

Agora mesmo, esse palco, esse cenário do calvário representa a história da humanidade. Há só dois tipos de gente no mundo: os que são salvos e os que se perdem, os que se arrependem e recebem a vida eterna e os que não se arrependem e vão para a condenação eterna. Qual é a sua decisão? Você pode tomar essa decisão hoje, entregando seu coração a Cristo e recebendo dele a vida eterna.

“Um dos malfeitores crucificados blasfemava contra ele, dizendo: Não és tu o Cristo? Salva-te a ti mesmo e a nós também. Respondendo-lhe, porém, o outro, repreendeu-o, dizendo: Nem ao menos temes a Deus, estando sob igual sentença? Nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o castigo que os nossos atos merecem; mas este nenhum mal fez. E acrescentou: Jesus, lembra-te de mim quando vieres no teu reino. Jesus lhe respondeu: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso” Lucas 23.39-43

Rev. Hernandes Dias Lopes

Recommended Posts
batalhaarvore sem folhas