Salvação, iniciativa de Deus

Home / Mensagem / Salvação, iniciativa de Deus

cemetery-91552_1920Ora, se todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus, se o homem natural está morto nos seus delitos e pecados, logo o homem não pode ser aquele que dará início a este processo da volta para Deus, da reconciliação com Deus na sua salvação; ou Deus toma a iniciativa ou perecemos, ou Deus nos salva ou pereceremos, ou Deus entra, no sentido de planejar, executar e consumar a nossa salvação, ou não há esperança para nós. Uma verdade gloriosa que a Bíblia nos apresenta de Gênesis a Apocalipse, é que Deus foi quem tomou a iniciativa para nos salvar. Não fomos nós quem escolhemos a Deus, foi Deus quem nos escolheu; não fomos nós quem primeiro amamos a Deus, foi Deus quem nos amou primeiro; o nosso amor por Deus é um refluxo do fluxo do amor de Deus por nós.

O apóstolo Paulo diz que Deus nos escolheu antes da fundação do mundo, em Cristo, para sermos santos e irrepreensíveis. Isso significa que Deus foi exatamente o autor da nossa salvação, e Deus nos escolheu não porque Deus olhou para nós e viu alguma virtude, santidade, pureza, piedade, então Deus olhando para nós e vendo todos esses predicados em nós, ele então nos escolheu. Não é assim que a Bíblia nos ensina, a Bíblia nos ensina que a santidade não é a causa da nossa escolha, mas a consequência da nossa escolha; não fomos escolhidos por Deus porque éramos santos e irrepreensíveis, fomos escolhidos por Deus para sermos santos e repreensíveis. Deus não nos escolheu porque Deus previu que lá no futuro nós iríamos crer em Jesus, Deus nos escolheu para cremos em Jesus.

A Bíblia diz lá em Atos 13.48, que todos quantos foram destinados para a vida eterna, creram. De tal maneira que você não é escolhido por Deus porque creu, você creu em Jesus porque você foi escolhido por Deus. Deus não escolheu a você e a mim porque ele viu em nós boas obras, não, a Bíblia diz que: pela graça sois salvos, mediante a fé, isso não vem de vós, é dom de Deus, não de obras para que ninguém se glorie, pois somos feitura de Deus criados em Cristo Jesus para as boas obras, e não por causa das boas obras. De tal maneira que as boas obras não são a causa de Deus ter escolhido a você e a mim, as boas obras são uma evidência de que Deus nos escolheu e de que nós cremos em Jesus e fomos salvos pela sua graça. Mas o texto de Efésios vai nos dizer que se Deus é o autor dessa escolha, Jesus Cristo é o agente; fomos escolhidos desde a fundação do mundo, antes da fundação do mundo, para a salvação, mas em Cristo. De tal maneira que é muito importante entender isso aqui: não é a religião que salva, não é a placa da igreja que salva, não são os nossos merecimentos, predicados morais, as nossas obras que nos salvam, só Jesus Cristo nos salva.

Nenhuma igreja pode levar você a Deus, nenhuma igreja pode dar a você a vida eterna, nenhuma obra que você pratique é suficientemente boa para recomendar você a Deus, nenhum sacrifício que você faça pode levar você a Deus, foi exclusivamente o sacrifício de Cristo na cruz, em seu lugar, em seu favor, é que dá a você a bênção e o privilégio de ser salvo. É muito importante entender isso, porque às vezes as pessoas pensam assim: bom, toda religião é boa, todo o caminho leva a Deus, o que é importante é ser sincero, no final vai dar tudo certo. A Bíblia diz assim: não há salvação em nenhum outro nome dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos, a não ser o nome de Jesus. A Bíblia diz que só Jesus Cristo é o mediador entre você e Deus, se você buscar outro mediador para chegar a Deus, se você procurar outro caminho para chegar aos céus, se você entrar por outra porta que não seja Jesus, você não pode encontrar-se com Deus, porque Jesus é o Salvador, ele é o mediador, ele é aquele que abriu para você um novo e vivo caminho para Deus.

0512 - Eleição, iniciativa de Deus

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

Ora, Deus escolheu você, Deus escolheu você em Cristo, mas Deus escolheu você com um propósito, com uma finalidade: para que você seja santo e irrepreensível. Note que o fato de Deus ter nos escolhido para a salvação em Cristo, antes dos tempos eternos, não nos dá o direito de acharmos que estamos salvos vivendo uma vida descuidada, uma vida mundana, uma vida sem santidade. Deus nos escolhe é do pecado e não no pecado. A única evidência que uma pessoa tem para dizer: eu sou salvo pela graça mediante a fé em Jesus Cristo, é se você vive uma vida de santidade. Aqueles que vivem no pecado provam uma coisa: nunca viram a Deus, nunca conheceram a Deus, porque Deus é luz e nele não há treva nenhuma. É hora de você parar e perguntar: eu estou salvo? Porque você tem uma alma eterna e você vai ter que comparecer perante Deus para dar conta da sua vida. Eu vou ter que comparecer perante Deus. Não há assunto mais urgente na sua vida do que você saber agora: estou salvo? Meus pecados já foram perdoados? Já fui reconciliado com Deus? Tenho a vida eterna? Meu nome está escrito no livro da vida? Recebi um novo coração, uma nova mente, uma nova vida, uma nova família, uma nova pátria?

Não deixe esse assunto para a última hora porque pode ser então tarde demais. Hoje é o dia da decisão, hoje é o dia da salvação, hoje você pode render-se a Jesus, ter seus pecados cancelados e receber dele, pela fé, mediante a graça, a vida eterna. Essa decisão é sua; seu pai não pode decidir por você, sua mulher não pode decidir por você, sua mãe não pode decidir por você, seus pais não podem decidir em si por você, essa decisão é exclusivamente sua. Agora mesmo, você pode tomar essa decisão e receber de Jesus Cristo a vida eterna.

“Antes da fundação do mundo, Deus nos escolheu, nele, para sermos santos e irrepreensíveis diante dele”. Efésios 1.4

Rev. Hernandes Dias Lopes

Recommended Posts
Clique e assista ao vídeo desta mensagem!Clique e assista ao vídeo desta mensagem!