Restaurando o fervor espiritual

Home / Mensagem / Restaurando o fervor espiritual

biblia oraçãoO apóstolo João foi exilado na ilha de Patmos, e naquela época os apóstolos todos, exceto ele, já estavam mortos, e mortos pelo viés do martírio. Domiciano mandou o apóstolo João para esta ilha vulcânica do mar Egeu com a intenção clara de calar a sua voz e de isolá-lo da família da fé. Entretanto, quando todas as portas se fecharam para João na terra, Deus abriu uma porta no céu e disse pra ele: sobe, porque eu te mostrarei as coisas que devem acontecer. Esta voz, como trombeta, disse para João: o que você ver, escreve num livro e manda às sete igrejas: Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia, e Laodiceia. Diz a Bíblia que quando João se voltava para ver quem falava com ele, ele vê não aquele que falava com ele, mas sete candeeiros de ouro, símbolo das sete igrejas, e no meio dos candeeiros, um semelhante à filho do homem. E então, João é orientado a mandar cartas para estas sete igrejas, cartas do próprio Senhor da glória, Jesus Cristo, nosso Senhor. É curioso que, destas sete igrejas, Jesus elogia apenas duas igrejas, sem qualquer censura: a igreja de Esmirna e igreja de Laodiceia. Para quatro igrejas Jesus Cristo tem elogios e tem censuras: à igreja de Éfeso, a igreja de Pérgamo, de Tiatira e a de Sardes. Mas para uma igreja Jesus não faz nenhum elogio, apenas censuras, à igreja de Laodiceia. Vale destacar que esta igreja é a igreja que tinha a melhor auto avaliação, Laodiceia se considerava a melhor igreja, ela até chegou a dizer de si mesmo: “estou rica e abastada, e não preciso de coisa alguma”.

Quando você olha o cenário, é curioso porque Jesus não faz, para esta igreja que só tem censura, nenhuma denúncia de problemas doutrinários; de ameaça doutrinária da igreja de Éfeso, problemas doutrinários em Pérgamo e em Tiatira, mas não tem ali qualquer denúncia; não tem falsos mestres, não tem falsos profetas, não tem falsos apóstolos, diríamos hoje que a igreja de Laodiceia era uma igreja ortodoxa, não tem denúncia de Jesus de desvios doutrinários. Também quando você lê as cartas, você não vê nenhuma denúncia de Jesus de problemas morais na igreja de Laodiceia. Tinha problemas morais em Pérgamo, em Tiatira, em Sardes. Naquela igreja não tinha escândalos; diríamos hoje que a igreja de Laodiceia era uma igreja ética; ela tinha não apenas a doutrina certa, mas também vida certa. Quando você olha para as cartas, em terceiro lugar, não tinha nenhum problema de pobreza naquela igreja. Tinha pobreza em Esmirna, pobreza também em Filadélfia. Era uma igreja rica, próspera, muito próspera. Os crentes eram todos muito prósperos. Além disso, embora tivesse perseguição religiosa em Éfeso, perseguição política em Pérgamo, a igreja de Laodiceia estava em paz; em outras palavras, a igreja desfrutava de uma boa reputação diante do espelho e também na praça. Talvez se você eu morássemos lá naquela ocasião, nós escolheríamos a igreja de Laodiceia para sermos membros. A igreja que tem uma avaliação boa de si mesma, tem uma avaliação boa da sociedade, mas Jesus, que não se impressiona com as nossas aparências, faz uma análise desta igreja e não vê nada para elogiar, apenas censuras. Mas o que é que Jesus vê nesta igreja que tanto aflige a ponto de dizer assim: porque tu és morno, e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca. O que Jesus vê? Só há um diagnóstico que Jesus Cristo faz: falta de fervor espiritual. Àquela igreja estava tudo bem aos seus olhos, mas aquela igreja tinha perdido o fervor, perdido a alegria, perdido entusiasmo.

0633 - Restaurando o fervor espiritual

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

Eu tenho rodado pelo Brasil afora e percebo que não importa a linha doutrinária: se calvinista ou arminiana, se tradicional ou se renovada, se a liturgia do culto é solene ou mais efusiva; o problema também nosso é falta de fervor espiritual; falta brilho nos olhos, falta calor espiritual, falta entusiasmo com a pessoa de Jesus Cristo, com seu santo Evangelho, falta a plenitude do Espírito Santo, falta poder, falta quebrantamento, falta choro pelo pecado, falta alegria da salvação, falta unção e poder do Espírito Santo. Nós precisamos desesperadamente de um verdadeiro e genuíno avivamento, não um avivamento fabricado na terra, não fogo estranho, mas uma operação sobrenatural, clara, nítida, pura e genuína do Espírito Santo de Deus, que restaura a alma, que renova o coração, que nos levanta para uma vida de santidade, de piedade, de pureza, de amor à palavra, de compromisso com a oração, de amor aos perdidos, de engajamento com a obra missionária.

A igreja de Laodiceia está avisando para nós hoje, que não basta ter apenas doutrina certa, não basta ter apenas uma ética incorrigível e certa, não basta apenas ter prosperidade material e viver em paz, nós precisamos do poder do Espírito Santo de Deus, nós precisamos da entronização de Jesus Cristo, Jesus Cristo diz para aquela igreja assim: estou à porta e bato, se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele e ele comigo. Aquela igreja estava tão satisfeita consigo mesma, que nem estava percebendo que Jesus estava do lado de fora querendo entrar. Como está a sua vida? Como está o seu coração? Talvez você seja muito religioso, você tem doutrinas boas, e louvado seja Deus, na sua mente, no seu coração. Mas talvez você perdeu o ânimo, perdeu a alegria, virou uma rotina, virou um marasmo; você tem uma ortodoxia morta, ou talvez você tenha um religiosismo apenas farisaico, apenas formal, mas falta alegria de Deus, falta poder espiritual, falta vida de oração, falta a plenitude do Espírito Santo, falta este calor espiritual na sua vida.

“Ao anjo da igreja em Laodiceia escreva: “Estas coisas diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira,o princípio da criação de Deus. 15 Conheço as obras que você realiza, que você não é nem frio nem quente. Quem dera você fosse frio ou quente! 16 Assim, porque você é morno, e não é nem quente nem frio, estou a ponto de vomitá-lo da minha boca. 17 Você diz: ‘Sou rico, estou bem de vida e não preciso de nada.’ Mas você não sabe que é infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu. 18 Aconselho que você compre de mim ouro refinado pelo fogo, para que você seja, de fato, rico. Compre vestes brancas para se vestir, a fim de que a vergonha de sua nudez não fique evidente, e colírio para ungir os olhos, a fim de que você possa ver. 19 Eu repreendo e disciplino aqueles que amo. Portanto, seja zeloso e arrependa-se. 20 Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo. 21 Ao vencedor, darei o direito de sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com o meu Pai no seu trono. 22 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.” Apocalipse 3.14-22

Rev. Hernandes Dias Lopes

Recent Posts
0633 - Restaurando o fervor espiritualClique e assista ao vídeo desta mensagem!