O Juízo Final

Home / Mensagem / O Juízo Final

juizoA Bíblia é absolutamente eloquente e clara em nos informar que haverá um dia onde Deus vai julgar os vivos e os mortos. Lá estarão reis e vassalos, servos e chefes, doutores e analfabetos, ricos e pobres, religiosos e ateus. Todos teremos que comparecer perante o tribunal de Cristo para prestar conta da nossa vida e recebemos um bem ou mal, segundo as nossas obras. O juízo final é uma necessidade absoluta, reivindicada pela santidade de Deus. Neste mundo do lado de cá da sepultura, muitas vezes, inocentes são tidos como culpados e culpados como inocentes. Aqui os tribunais correm o risco de serem injustos, testemunhas são compradas, juízes vendem a sua consciência, criminosos conseguem driblar a lei e escaparem do rigor da justiça, mas há um tribunal justo, o tribunal de Deus, e desse, os homens não conseguem escapar.

Quem é o juiz? Jesus Cristo, foi constituído pelo Pai como juiz, ninguém pode suborná-lo, ninguém pode corrompe-lo. Quem são os réus neste tribunal? Todos os homens, porque todos nós precisamos comparecer perante o tribunal de Cristo. Ninguém vai escapar, ninguém vai fugir, ninguém vai conseguir surrupiar a lei, ninguém vai conseguir subornar esse tribunal, ninguém vai poder escapar do rigor da lei. A Bíblia diz que o salário do pecado é a morte e a alma que pecar essa morrerá. Quem serão as testemunhas neste tribunal? A Bíblia diz que nesse dia os livros serão abertos e nós vamos ser julgados segundo o que estiver escrito nos livros.

E então testemunhas levantar-se-ão contra nós, primeiro, as nossas palavras. A Bíblia diz que você vai dar conta no dia do juízo por todas as palavras frívolas que você proferiu. Você se lembra de todas? Você fala palavrão? Você xinga? Você fala mal dos outros? Você conta piadas imorais? Você não se lembra? Ah sim, mas tudo está registrado nos anais do tribunal de Deus.

Segundo, nós vamos dar conta no dia do juízo pelas nossas obras, o que você fez seu pai não viu, sua mãe não viu, sua mulher não viu, seu marido não, viu seus filhos não viram, seus vizinhos não viram, a lei não viu, mas Deus estava lá. Quando você fechou a porta do quarto para ninguém ver, ele estava lá. Você não pode escapar do juízo de Deus, e você vai prestar conta no dia do juízo pelas suas obras.

Ainda, diz a Bíblia, que nós seremos julgados pelas nossas omissões. Se você sabe que deve fazer o bem e não o faz, você está pecando. Quando você deixa de socorrer o aflito em sua porta, você está pecando; quando você deixa de dar pão ao faminto, água o sedento, roupa ao nu, quando você deixa de assistir ao forasteiro e também visitar o enfermo, você está pecando. Quantas coisas que nós não fazemos que se constitui um terrível pecado de omissão; e vamos ter que prestar contas no dia do juízo.

Mas, mais ainda, em quarto lugar, a Bíblia diz que nós vamos dar conta no dia do juízo por aquilo que nós pensamos, por aquilo que nós nutrimos no coração para os nossos desejos secretos. O tribunal de Deus tem competência para julgar foro íntimo, Deus a julgar o segredo dos nossos corações. Quem pode escapar? Quem pode passar por este pente fino de Deus? Absolutamente, pelos méritos, pelas obras, ninguém escapará.

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

Por isso, a Bíblia diz que outro livro será aberto, o livro da vida do cordeiro. Se alguém não foi encontrado com o seu nome escrito no livro da vida, esse tal vai ser lançado para o lago de fogo e ali haverá choro e ranger de dentes por toda a eternidade. Esse julgamento é final sabe o porquê? Porque não tem instância superior para apelar. Este é o último julgamento, ali só tem duas sentenças: justificado ou condenado! Como você pode escapar? A única maneira é você hoje reconhecer que você é pecador, é hoje você confessar os seus pecados, é hoje você olhar para Jesus Cristo, Filho de Deus, porque só nele, agora, você encontra redenção. Pelas suas obras você será inexoravelmente o condenado; porque não bastaria para você multidões de pecado para você ser condenado, um só pecado afasta você do céu, porque no céu não pode entrar nada contaminado.

Mas a Bíblia diz que Jesus Cristo veio ao mundo como seu fiador, como seu substituto, como seu redentor, e quando ele estava lá na cruz, Deus lançou sobre ele a iniquidade todos nós. Ele foi feito pecado por nós, ele carregou no seu corpo sobre madeira os seus pecados e quando ele estava lá na cruz ele deu um grande brado: está consumado! Está pago! Aquele que crê em mim não deve mais nada! Está justificado! Então naquele glorioso dia do juízo, quando você comparecer, Jesus, o seu advogado, que pagou pelos seus pecados com o seu sangue vai dizer para você: “vinde benditos de meu pai, entre na posse do reino que está preparado para você desde a fundação do mundo”.

Mas se você não reconhecer hoje o seu pecado, não confessar o seu pecado, não se arrepender dele, não pôr a sua confiança em Jesus, a palavra naquele dia será muito dura: “apartai-vos de malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e os seus anjos”. Qual é a sua escolha? Qual é a sua decisão? Nós não temos tempo a perder, fuja da ira vindoura, corra para os braços de Jesus, busque abrigo nele, ainda há tempo. Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto ele está perto. Hoje Jesus é o seu advogado, hoje Jesus é o seu Salvador, hoje a porta da graça está aberta para você, amanhã pode ser tarde demais, amanhã você enfrentará o juízo. A Bíblia diz que ao homem está ordenado morrer uma só vez, vindo depois disso o juízo. Depois que você morrer não tem mais esperança, hoje é o dia oportuno, hoje é o dia da salvação.

“Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal” 2 Coríntios 5:10

Rev. Hernandes Dias Lopes

Recent Posts
hurricane-1049612_960_720vaso quebrado