Enchei-vos do Espírito

Home / Mensagem / Enchei-vos do Espírito

people-2604834_1920O apóstolo Paulo estava preso em Roma quando escreveu a sua carta aos Efésios; nesta carta, ele deixa claro que a nossa salvação, é uma obra de Deus Pai, Deus Filho e do Deus Espírito Santo. O Pai nos escolheu antes da fundação do mundo, o filho nos redimiu, morrendo por nós na cruz do calvário, e o Espírito Santo aplicou esta obra em nós, selando-nos para o dia da redenção. Agora, quando Paulo está encerrando a sua carta, ele escreve assim: “E não vos embriagueis com o vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito”. É claro que todos nós estamos cheios de alguma coisa; alguns estão cheios de álcool, outros estão cheios de soberba, outros estão cheios de ganância, outros estão cheios de impureza, o que é que está enchendo a sua vida? O apóstolo Paulo vai fazer aqui uma comparação superficial e um contraste profundo; a comparação superficial, que ele revela para nós, é que uma pessoa embriagada e uma pessoa cheia do Espírito Santo tem uma certa semelhança: ambas as pessoas são governadas ou pelo álcool ou pelo Espírito, mas o contraste profundo é que o álcool produz dissolução, vergonha, opróbrio, escravidão, falta de controle, mas a plenitude do Espírito produz sensatez, equilíbrio, sabedoria, domínio próprio.

Há duas ordens aqui: uma negativa e outra positiva; a negativa é: não vos embriagueis com o vinho. O projeto de Deus não é que você seja dominado pelo álcool, o álcool é um depressivo, o álcool é um ladrão de cérebros; hoje, cerca de 50% de todos os assassinatos passionais são frutos do álcool, da embriaguez; cerca de 50% de todos os acidentes de trânsito, e diga-se de passagem, o Brasil é um dos campeões do mundo em acidentes de trânsito, são resultados da embriaguez. Uma pessoa que se rende à embriaguez, perde o domínio próprio, ela perde o amor próprio, ela perde o seu bom nome, ela perde a sua honra, ela perde, às vezes, o seu casamento e a sua família. A embriaguez produz dissolução.

Por outro lado, temos uma ordem positiva, e a ordem positiva é esta: enchei-vos do Espírito. Preste bem atenção que não ser cheio do Espírito Santo é um pecado; é um pecado de desobediência a uma ordem expressa de Deus, ser cheio do Espírito Santo não é uma opção, não é uma sugestão, é um mandamento, é uma ordem, é imperativo. E é muito importante destacar que Paulo coloca isso no plural; a plenitude do Espírito Santo não é para algumas pessoas especiais, não é para uma liderança espiritual apenas, é para todos aqueles que foram escolhidos por Deus na eternidade e foram redimidos por Jesus cristo naquela cruz; todos nós temos o dever, a obrigação, o mandamento de sermos cheios do Espírito.

Mas esta palavra “enchei-vos” está também no chamado presente contínuo, isso significa o seguinte: a plenitude de ontem não serve para hoje; todo dia você precisa ser cheio do Espírito Santo, nós não vivemos de vitórias passadas, nós precisamos a cada dia renovar o nosso compromisso com Deus, buscarmos a presença de Deus e vivermos cheios do Espírito Santo de Deus; essa plenitude precisa se renovar constantemente, continuamente. Mas, mais do que isso, esta palavra enchei-vos está na voz passiva, significa que você não é o agente dessa plenitude, você é um vaso, você recebe essa plenitude, você não a produz; quando você anda com Deus, o próprio Deus enche você do seu Espírito.

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

E como você pode saber que você está cheio do Espírito Santo? O apóstolo Paulo diz, a primeira evidência é que você tem relacionamentos saudáveis, se você é uma pessoa amarga, que vive brigando com todo mundo, criando confusão, cavando abismos de mágoas, isso é uma prova de que você não está cheio do Espírito Santo; porque quando você está cheio do Espírito Santo a sua comunicação é saudável, é boa, é positiva e edificante, você fala entre as pessoas ou com as pessoas com salmos, com palavras de edificação, de estímulo, de encorajamento para a vida.

Como é que você pode saber que está cheio do Espírito Santo? É quando você adora a Deus, é quando você dá graças a Deus, é quando você aspira pela presença de Deus, é quando você quer viver para a glória de Deus, é quando você põe Deus no centro da sua vida, da sua agenda, do seu coração.

Como é que você pode saber que você está cheio do Espírito Santo? Terceiro lugar, é quando você tem uma vida de gratidão, gente que vive amargurada, azeda, lamentando, reclamando de tudo e de todos, que olha para a vida sempre com pessimismo, só enxerga nuvens escuras, não tem nada para agradecer, onde ele chega, o ambiente azeda, onde ele está o ambiente fica tenso, isso é uma evidência de que você ainda não está cheio do Espírito Santo, e a ordem de Deus é enchei-vos do Espírito. Mas finalmente, como é que você pode saber que você está cheio do Espírito Santo? É se você tem prontidão para servir o seu próximo; uma pessoa arrogante, uma pessoa soberba e altiva, não está cheia do Espírito Santo, porque o Espírito Santo, que habita em nós, nos leva para o caminho da obediência, nos matrícula na escola da humildade, a ordem portanto é: enchei-vos do Espírito.

Eu quero fazer essa pergunta então a você: Você está cheio do Espírito Santo? Nós estamos aí com um ano diante de nós, com tantos desafios, com tantos propósitos novos, com tantas coisas para serem deixadas para trás; eu encorajo você a deixar de lado a embriaguez, a não encher a sua geladeira de bebida alcoólica, matriculando seus filhos na embriaguez, que você tome a decisão de fazer uma faxina na sua mente, no seu coração, tirar a fuligem da mágoa, tirar aquilo que trouxe dor, lágrimas e tristeza para a sua família, eu encorajo você a ler a sua Bíblia, a procurar uma igreja evangélica, a viver na presença de Deus, a ser cheio do Espírito Santo de Deus, e a começar este ano com novos propósitos, com a nova vida, experimentando o melhor de Deus, e recebendo do próprio Deus a plenitude do Espírito.

“E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo” Efésios 5.18-21

Rev. Hernandes Dias Lopes

Recommended Posts
Clique e assista ao vídeo desta mensagem!0653 - Enchei-vos do Espírito