A verdadeira felicidade

Home / Mensagem / A verdadeira felicidade

criançabibliaA felicidade é desejável para todos nós, o ser humano tem sede de ser feliz e não há nada de errado com isso; Deus nos criou para sermos felizes. Mas onde está a felicidade? Alguns pensam que a felicidade está no dinheiro, outros pensam que a felicidade está no sucesso profissional, outros acham que a felicidade está em beber todas as taças dos prazeres, outros acreditam que a felicidade está em viajar conhecer lugares novos, ter um carro novo na garagem, ter muito dinheiro no banco e curtir a vida. Mas será que as pessoas que experimentam essas coisas são verdadeiramente felizes? Eu quero tratar este assunto com você hoje à luz do salmo primeiro. O salmo primeiro é o portal do saltério e ele nos mostra o mapa da felicidade, ele nos aponta o verdadeiro caminho para você ser feliz. E três verdades merecem destaque nesse salmo, no que concerne a verdadeira felicidade.

Em primeiro lugar, a verdadeira felicidade você consegue por aquilo que você evita. O versículo primeiro deste salmo diz assim: feliz, muito feliz, bem-aventurado é o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Você é feliz na medida em que você não anda com determinadas pessoas e não frequenta determinados ambientes. Você é feliz na medida em que você evita escutar determinados conselhos, você evita andar por certos caminhos, que você evita a sentar-se em determinadas rodas. Há pessoas, há ambientes, há circunstâncias, e há lugares que são um verdadeiro laço para sua alma, armadilha para os seus pés, e quando você escuta determinados conselhos, quando você frequenta determinados lugares, quando você escuta determinadas pessoas, você acaba sendo enredado num cipoal que levará sua alma a uma escravidão, a uma masmorra emocional, a uma condenação espiritual. Por isso você é feliz por aquilo que você evita. E note que o texto tem uma progressão: ímpio, pecador e escarnecedor. O ímpio é aquele que não leva a Deus em conta; pode ser até uma pessoa ética, que cumpra os seus deveres, mas não leva Deus em conta, esse é o ímpio. O pecador é aquele que peca deliberadamente, mas o escarnecedor é aquele que peca e blasfema, e zomba das coisas de Deus. Note também os verbos: andar, deter e se assentar; há uma progressão. A pessoa começa andando, depois ela para, depois ela se assenta, ela se acomoda. Se você perceber há uma progressão também nas orientações: conselho, caminho e roda. O pecado é sempre assim, ele começa às vezes disfarçado, no começo parece um fiapo podre que você arrebenta com facilidade, depois se torna uma grossa corrente, uma prisão que você não consegue sair. O pecado é assim: ele escraviza, ele tortura, ele mata. O pecado oferece a você mundos e fundos, a um glamour, mas ele esconde a sua verdadeira realidade; promete alegria e dá tristeza, promete prazer e dá desgosto, promete liberdade e escraviza, promete vida e mata; você é feliz por aquilo que você evita.

Mas em segundo lugar, você é feliz por aquilo que você faz. Está escrito no verso 2 assim: antes, o seu prazer está na lei do Senhor e na sua lei medita de dia e de noite. Quando você se volta para a palavra de Deus, ela é uma fonte inesgotável de vida plena, maiúscula, abundante, superlativa, eterna. A felicidade não está no pecado, a felicidade está em Deus, somente Deus pode fazer você feliz, somente Jesus pode preencher o vazio da sua alma, somente na comunhão com Deus a sua alma banqueteia e festeja pra sempre, a felicidade não está longe de Deus, nos banquetes do mundo, nas iguarias do pecado, a felicidade está na presença de Deus, porque na presença de Deus tem plenitude de alegria. Volte-se para a Escritura, volte-se para a palavra de Deus, leia a Bíblia, medite neste livro, aqui tem uma fonte de sabedoria, aqui tem uma fonte de felicidade, aqui tem uma fonte de vida; e quando você vai estudando a palavra de Deus e vai cavando nesta mina tão preciosa de tantas riquezas, quando você vai bebendo desta fonte de rios de água viva, a sua alma vai se deleitando em Deus e então você conhece e experimenta a verdadeira alegria, a verdadeira felicidade.

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

Mas em terceiro lugar, você é feliz por quem você é. O versículo 3 diz assim: ele como árvore plantada junto às correntes das águas, que no devido tempo dá o seu fruto, cuja folhagem não murcha, e tudo quanto ele faz será bem sucedido. Uma árvore plantada junto à fonte, esta fonte é Deus, vem o calor, vem as vicissitudes do tempo, esta ave tem suas raízes fincadas onde tem umidade e então você tem vida, então você tem verdor, então você tem frutos; e quando você é como a árvore plantada junto à corrente das águas, tudo que você faz será bem sucedido. Então você é verdadeiramente feliz. Esse salmo contrasta, por exemplo, com o ímpio; o ímpio é como a palha que o vento dispersa, a palha seca sem vida que o vento leva e desaparece; você é feliz quando você tira os seus pés do caminho escorregadio do pecado, quando você tira os seus pés do laço do passarinheiro que tenta prender você e destruir sua vida; você é feliz na medida em que você se volta para a palavra de Deus, estuda a palavra de Deus, medita nela, se deleita nela e conhece a intimidade de Deus. Você é feliz quando você alguém plantado em Deus, enraizado em Cristo Jesus, quando você está absorvido por esta gloriosa verdade que inunda o seu coração, enche a sua alma de doçura. E então, em Deus você tem plena vida plena felicidade, uma vida maiúscula, superlativa, eterna. Você é feliz? Verdadeiramente feliz? Esta felicidade está à sua disposição; hoje mesmo você pode desfrutar dessa felicidade. Jesus Cristo disse: eu vim para que você tenha vida e a tenha em abundância. Jesus quer fazer de você uma pessoa verdadeiramente feliz.

“Bem-aventurado é aquele que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Pelo contrário, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. Ele é como árvore plantada junto a uma corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo o que ele faz será bem-sucedido” Salmo 1.1-3

Rev. Hernandes Dias Lopes

Recommended Posts
familia2florestafogo