A maior das batalhas

Home / Mensagem / A maior das batalhas

batalhaNós estamos vivendo uma época difícil e dramática, onde o mundo está em convulsão. A tensão entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos, geram uma ansiedade no mundo inteiro, na Espanha, a tentativa de independência dos catalães revela um problema grave na Espanha, no começo de outubro de 2017, um homem, do alto de um hotel, faz um estrago matando 59 pessoas e deixando 513 pessoas feridas. Nós vivemos num mundo de guerra, mas hoje eu quero falar para você, da maior de todas as guerras.

O apóstolo Paulo escrevendo a sua carta aos efésios, no capítulo 2, disse que a nossa luta é contra nossa carne, nossa natureza pecaminosa, é contra o mundo, esse sistema corrompido à nossa volta e contra o diabo, que é perverso, é maligno, é assassino, é ladrão e é o pai da mentira. Agora, no capítulo 6, a partir do verso 10, ele começa dizendo que nós precisamos entrar nessa guerra, essa guerra maior guerra, primeiro porque não há sequer uma pessoa que não esteja envolvida nela; segundo, é a maior de todas as guerras, porque esta guerra não se trava com armas convencionais; terceiro, porque esta guerra não é geográfica aqui e ali ou aculá; quarto, porque esta guerra é travada dentro de nós, e desta maneira nem você nem eu, nem nenhum de nós tem capacidade de entrar nesta peleja de cara limpa, sem revestimento de uma armadura divina e sem a capacitação do poder de Deus.

Paulo diz que nós precisamos ser revestidos no senhor e na força do seu poder. Por que isso? Porque na verdade nós lutamos contra um inimigo que é invisível, que é espiritual, um inimigo que é poderoso, que tem muitas artimanhas e estratagemas, que nos investiga e como um leão anda o nosso derredor buscando uma brecha para nos devorar, e nós não temos elementos para enfrentar essa batalha sem o revestimento de poder. Nós temos fraquezas, nós temos limitações, nós temos flancos abertos na nossa vida que podem ser facilmente usados para nos derrubar, todos nós, numa linguagem bem popular, temos um calcanhar de Aquiles e este inimigo conhece exatamente quais são os nossos pontos vulneráveis. Eu ouvi recentemente uma ilustração que deixa isso claro para você. O Discovery Channel fez uma pesquisa na África do Sul para observar porque que os leões passavam quatro, cinco, seis horas da noite olhando, observando os búfalos, para atacá-los; às vezes deitados, silencioso, só observando. E depois de muita pesquisa, e depois de muita investigação, e depois de muita análise, observando os leões, não encontraram nenhuma resposta plausível. Porque que os leões atacavam este, e não aquele búfalo; então, mudaram o rumo da pesquisa, começará a investigar os búfalos e fizeram uma pesquisa detida e meticulosa nas carcaças dos búfalos que foram atacados pelos leões e descobriram algo interessante; essas carcaças na sua vasta maioria eram de leões, velhos demais, cansados demais, fracos demais, com nenhuma capacidade de resistência ou búfalos doentes que não tinham capacidade de enfrentamento do problema. O que significa isso? Significa que o diabo é muito astuto e ele sabe explorar exatamente estas áreas vulneráveis da nossa vida, esses pontos fracos da nossa vida para nos atacar. E este inimigo é impiedoso, ele é assassino, ele é cruel ele é destruidor, ele veio para roubar, para matar e para destruir, por isso você precisa de ser revestido do Senhor e da força do seu poder.

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

Clique e assista ao vídeo desta mensagem!

Mas no versículo 11, o apóstolo Paulo vai dizer que nós precisamos ficar firmes contra as ciladas do diabo. Esta palavra cilada, na língua original, traz a ideia de vários métodos, vários estratagemas; é claro que o diabo investiga sua vida e ele sabe que às vezes você é mais fortalecido numa área e mais vulnerável em outra área, e ele sabe exatamente que armas usar, que estratégias usar para atingir sua vida. Por essa razão, você e eu precisamos ser revestidos de toda armadura de Deus. Porque nós não podemos entrar nessa peleja confiado em nosso conhecimento, ou na nossa experiência, ou na nossa religião, ou nos nossos predicados morais. Nós precisamos de ser tomados, cercados pela proteção de Deus, que é o próprio Deus. Deus é o nosso refúgio, Deus é a nossa fortaleza, precisamos estar abrigados nos braços do Deus eterno.

Mas finalmente o apóstolo Paulo vai nos informar que nós precisamos entrar nesta peleja com toda a oração e súplica. Nós precisamos orar, nós recebemos poder mediante uma vida de oração. Talvez você já há muito tempo não ora, talvez você faz aquela oração apenas mecânica, apenas por desencargos de consciência, talvez você não tem mais intimidade, nem comunhão com Deus. É hora de você parar e repensar sua vida, de você se voltar para Deus, de você colocar sua vida nas mãos de Deus, de você se arrepender dos seus pecados e correr para os braços de Jesus, e encontrar nele perdão, e encontrar nele vida eterna, e encontrar nele refúgio, e encontrar nele proteção.

Esta luta, é uma luta real, embora invisível. Este inimigo não é um mito, não é uma ficção, o diabo é um ser, um anjo caído que está aí querendo devorar você como um leão faminto. E a única maneira de você escapar deste ataque, nessa maior de todas as batalhas, é você correr pra Jesus, aquele que tem poder para vencer, e já venceu o diabo e as suas hostes. Só em Jesus que você encontra a vitória, só em Jesus você pode sair vitorioso dessa batalha.

“Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo; porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes”. Efésios 6.10-12.

Rev. Hernandes Dias Lopes

Recommended Posts
segurançacruzes